Akina Nakamori, a cantora mais popular do Japão e aclamada por críticos musicais

Pedro Henrique Bacalhau

Akina Nakamori, é uma cantora e atriz, da cidade de Kiyose, em Tóquio, e que é uma das cantoras mais populares e uma das artistas mais vendidas no Japão. A cantora, hoje com 54 anos, teve seu lançamento no mercado fonográfico no ano de 1981, após a participação em um programa de talentos na televisão japonesa chamado Star Tanjo. O seu álbum de lançamento, intitulado “Slow Motion”, obteve um sucesso de forma moderada, que lhe rendeu o trigésimo lugar na parada Oricon Weekly Chart.

O início de sua carreira

A carreira de Akina Nakamori, foi impulsionada a partir do pós lançamento do seu segundo álbum, chamado “Shojo A”, ocupando a quinta posição na mesma parada de sucesso, a Oricon Weekly Chart, e que lhe rendeu a marca de 390 mil cópias. O seu álbum Slow Motion, datado do ano de 1982, obteve uma marca pequena em relação ao seu segundo álbum, com apenas 174 mil cópias. Do ano de 1982 ao ano de 1986, Nakamori bateu marcas com álbuns como o “Kita Wing”, de 1984 rendendo lhe a marca de 614 mil cópias, e em 1986 com o álbum “Meu Amore”, com 631 mil, sendo esse último, ganhando o prêmio no 27º Japan Record Awards. Nakamori no entanto, foi a artista mais jovem a receber essa premiação, onde na época estava com apenas 20 anos de idade.

 

Final dos anos 80, a época mais problemática de Nakamori

Já no final dos anos 80, no ano de 1989, alguns problemas começaram a aparecer na vida de Akina Nakamori. A artista lançou, um álbum intitulado de “Liar”, que quase não lhe rendeu retorno, mas ao mesmo tempo, rumores começaram a aparecer dizendo que o álbum dizia sobre a sua relação com seu namorado Masahiko Kondo. E foi um choque as notícias que apareceram depois do rompimento do seu noivado com Kondo em Julho do mesmo ano, quando Nakamori tentou se suicidar no apartamento  de Kondo naquele ano. Mas felizmente, Nakamori foi encontrada ainda com vida, e levada às pressas para o hospital, e por conta disso, se afastou um pouco dos olhos do meio artístico durante um tempo.

Década de 90, a volta por cima e a parceria com Ryuichi Sakamoto

Após esse tempo fora da mídia, no ano de 1990, lançou o single Dear Friend, mas ainda com um pouco de incredulidade e de curiosidade. Dear Friend talvez tenha sido apenas a única música que Nakamori lançou com um toque mais feliz, mais animado. Mas ainda assim retornou ao nível melancólico ou abalado, com canções de amor que caíram na descrença do público não obtendo assim, um bom retorno novamente. No ano de 1993, deixou um pouco de lado esse estilo, e trabalhou em um álbum intitulado “Everlasting Love” dirigido e produzido por nada mais, nada menos que Ryuichi Sakamoto, do Yellow Magic Orchestra, sendo assim o seu vigésimo sétimo álbum a ser lançado. Em 1994, deixa um pouco de lado a carreira musical e se dedica a carreira de atriz no papel de uma personagem de uma série, exibida pela Fuji TV. 

A versatilidade musical de Nakamori e a aclamação da artista pelos críticos músicais japoneses

De 1982, quando começou sua carreira, até o ano de 2017, Akina Nakamori lançou 34 álbuns, sendo esse último, com um estilo Eurobeat anos 80, e apenas algumas faixas cantadas em japonês e o restante em inglês. Apesar dos altos e baixos na carreira da artista, foi homenageada pelos críticos de música japonesa, como a quinta melhor voz na história das gravações musicais no Japão, sendo assim uma das poucas artistas que detém álbuns que atingem a marca dos 10 melhores, na década de 80, 90, 2000 e 2010, fazendo com que prove que a indústria musical pode mudar o gosto do público.

One comment on “Akina Nakamori, a cantora mais popular do Japão e aclamada por críticos musicais

  • Bianca , Direct link to comment

    Que legal um site brasileiro falando sobre a Akina. Eu adoro ela, pena que é pouco conhecida no Brasil… façam mais matérias assim!!!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *